Recomenda-se:

Netscope

Friday, October 10, 2014

Exercício, para que te quero: questões de fitness que sempre quisemos saber mas temos medo de perguntar.

Gisele Bündchen

Quando se pratica prolongadamente, a fundo e com método uma actividade física adequada a nós - ou seja, à nossa morfologia e à obtenção da silhueta que consideramos "ideal", bem como às exigências particulares do nosso organismo e estilo de vida - ocorre uma coisa curiosa: percebe-se, enfim, porque é que certos músculos não ficavam com o aspecto desejado, ou porque não havia evolução nesta ou naquela parte do corpo por mais que se fizesse, e assim por diante.

 Pudera... o mais provável é que alguns musculozinhos ou parafusos do metabolismo (salvo seja) não estivessem a ser atingidos. 

Ou seja,  andava-se ali a puxar ferro, correr ou saltitar sem tocar no botão certo, a bater em ferro frio, a falar para a mão, a cansar-se para nada. Muito esforço para pouco resultado.

Geralmente esta "revelação" sucede ao fim de anos de tentativa e erro, porque descobrir o exercício que dá resultados visíveis e que não é um sacrifício horroroso cumprir pode equiparar-se a uma demanda espiritual.

 Ora, por muito que se diga "mexer-se faz bem à saúde, é divertido, pratico para não ter uma vida sedentária/conviver/descontrair, etc, etc" a verdade é que é desanimador não obter mudanças em tempo útil. 

 Esta não é a minha área de especialidade, mas a experiência (que é sempre individual, mas quem já passou pelo mesmo concordará)  ensina que a "ginástica" certa é a que dá resultados visíveis e provoca uma diferença que se sente no metabolismo, na flexibilidade, na postura corporal e no bem estar.

  A pensar nisto, pedi a uma talentosa personal trainer que me ajudasse a esclarecer algumas das dúvidas mais chatas (e persistentes!) no que ao fitness diz respeito. É que agora chega o Outono, e depois vêm as festas e quando se dá por isso já se estragou muito trabalhinho árduo em vez de evoluir alguma coisa.

Por isso, podem partilhar aqui aquelas perguntas que é embaraçoso fazer no ginásio ou ( para quem prefere o do-it-yourself) ainda não conseguiram que alguém esclarecesse.

Sabem, aquela zona do corpo que não conseguem tonificar, aqueles músculos mais teimosos, o metabolismo que parece ter abrandado sem explicação possível, como esculpir isto ou aquilo ou "enxugar" gordurinhas em tempo recorde para um evento ou para caber naquele vestido, etc, etc. 

Podem deixar as vossas dúvidas na caixa de comentários, via mensagem privada ou por mail para imperatrixsissi@hotmail.com.

4 comments:

Inês Sousa said...

Queria aproveitar a oportunidade de estarmos a falar desta temática para dar um feed-back. Desde que comecei a praticar diariamente 15 minutos dos exercicios da bailarina Helen Bowers sugeridos aqui no IS, obtive resultados ótimos. Consegui tonificar os musculos alongando-os em vez de os alargar como acontece muitas vezes no fitness. Por ser algo que sempre gostei (ballet) não há desculpas para não fazer. É realmente o exercicio para mim. Obrigada. Bjinhos Sissi

Imperatriz Sissi said...

Obrigada, Inês! Fico contente por saber isso. A Mary Helen é maravilhosa! Também recomendo muito os vídeos da Tara Stiles. São um bocadinho mais puxadotes, mas..vale a pena! Beijinhos.

Ana Andrade said...

Fui mãe à 4 meses e está difícil "enxugar" os últimos 5 kg, não ata nem desata.....sugestões de exercícios para fazer in home e cuja duração não exceda os 45 min.?

Imperatriz Sissi said...

Ana, anotado! Vamos tratar de encontrar. Obrigada :D

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...