Recomenda-se:

Netscope

Tuesday, October 7, 2014

Pessoas mosca: uma praga!


As pessoas mosca são uma espécie muito complicada: não andam por aí a cair aos bocados e a lançar fluidos corrosivos para a cara dos outros, como no clássico de terror The Fly; também  não voam como as moscas comuns; mas em tudo o resto, o comportamento é muito semelhante.

 Aparecem sem ninguém lhes encomendar o sermão; qualquer coisa lhes serve de incentivo para zumbir à volta dos outros, principalmente se lhes cheirar - ainda que sem nenhum fundo de verdade - a esquema, mexerico, vulnerabilidade, vantagem ou arranjinho. Como moscas que são, tudo lhes presta: afinal, lá diz o estribilho...uma mosca sem valor/pousa com a mesma alegria/na cabeça de um doutor/como em qualquer porcaria

Pessoas mosca tanto maçam gente honesta que detesta mosquedo como pessoas que acolhem as suas investidas; para elas, qualquer pouso é bom, tudo vale o mesmo. Como não tencionam desistir, pela sua natureza de insecto, lá se convencem de que água mole em pedra dura...

Não importa se a pessoa que estão a incomodar não as convidou, não lhes dá confiança ou até se perde a cabeça e as ameaça, enojada,  com um mata moscas. Debalde: viram para ali, insistem, continuam a esvoaçar à volta como se a sua existência dependesse disso. E como boas moscas, nunca trazem nada de bom. Transportam consigo as intrigas, as más intenções, o vício...a pestilência, em suma. Porque não lhes basta levar uma vida moralmente questionável: ná. Têm de espalhar a peste, tentar pôr ovos em toda a parte, aborrecendo ou ofendendo quem anda na sua vidinha e atirando larvas para contaminar a virtude alheia. 

Pelo caminho fazem figuras tristes, porque não há pompa que disfarce a babujice. Mas lá continuam a planar e zumbir alegremente.

Pessoas mosca podem ter muita coisa (nomeadamente, falta de chá e uma persistência que as pode colocar bem na vida) mas não sabem o que é dignidade, logo são incapazes de a reconhecer em outrem. O remédio é fechar bem portas e janelas (reais e virtuais) e munir-se de uma quantidade industrial de Mafu. Dumdum também serve, eu acho.




No comments:

Textos relacionados:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...